Alimentação na Primavera

primavera_menus

Estamos em Abril, mês da Primavera, dos jardins a florir, tudo fica mais colorido e alegre. Mas por vezes Primavera também é sinónimo de alergias devido ao pólen que se faz sentir no ar nesta época do ano. Então, é importante reforçar o nosso sistema imunitário recorrendo a uma alimentação equilibrada, variada e nutritiva!

Começando pelos cereais (como exemplo: pão, arroz integral, massa, bulgur, millet, entre outros) que são bastantes importantes, são a base da nossa alimentação e devem estar presentes em todas as refeições.

Podemos associar aos cereais uma fonte de leguminosas (feijão, grão de bico, lentilhas, entre outras), fazendo assim uma combinação mais equilibrada a nível de proteína.

Vamos consumir mais vegetais, diversificar o seu consumo, consumi-los cozidos ou a vapor (tipo de confeção que preserva grande parte dos seus nutrientes), mas também consumi-los em saladas.

Juntemos aos vegetais, frutos secos e oleaginosos, o que torna a salada mais rica do ponto de vista nutricional.

Não esqueçamos a fruta, que, tal como os vegetais, também são importantes na nossa alimentação. Sendo a fruta e vegetais dos mais importantes fornecedores de antioxidantes para o organismo.

Assim como esta estação é colorida, a nossa alimentação também deve de o ser!

Os alimentos de cor verde (como os espinafres, feijão-verde, ervilhas, brócolos, kiwi, alface, couve-Bruxelas, nabiça, agrião, couve) são ricos em vitaminas antioxidantes que protegem os tecidos e células do nosso organismo. As folhas e outros alimentos de cor verde têm propriedades que parecem reforçar a imunidade e as defesas do organismo.

Os alimentos de cor branca (como a maçã, a pêra, nabo, couve-flor, alho, cebola, cogumelos) são dos alimentos mais ricos em antioxidantes. O alho e a cebola estimulam o sistema imunitário e reduzem o risco de cancro. A alicina presente no alho parece ter propriedades antibióticas, contribui para o controlo da tensão arterial, do colesterol e prevenção de cancro (ex: cancro de estômago).

Os alimentos de cor violeta (como a ameixa, beterraba, couve-roxa, beringela, uva) também têm importantes antioxidantes, como as antocianinas. O seu potencial antioxidante é protetor contra as doenças cardiovasculares.

Os alimentos de cor laranja ou amarela (como, cenoura, nectarinas, abóbora, tangerina, milho, manga, pêssegos, pimento) são ricos em carotenóides (como o betacaroteno), pigmento importante para a saúde da visão. O consumo de alimentos ricos em carotenóides também poderá fortalecer as defesas naturais do nosso organismo. Os citrinos são bons fornecedores de vitamina C, o que estimula o sistema imunitário, melhora o aproveitamento de ferro de outros alimentos e ainda está relacionado com a cicatrização de feridas.

Os alimentos de cor vermelha (como o tomate, o pimento, o morango, a framboesa) são ricos em fitoquímicos como o licopeno, sendo dos carotenóides mais ativos na prevenção de cancro. Os antioxidantes presentes nestes alimentos podem ajudar a reduzir o risco de doença coronária.

Diversifiquemos a nossa alimentação e sejamos felizes!

———————————————————————
Artigo pela nutricionista Inês Silva

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Artigos. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s